Imprensa

Holipet é criado com a proposta de ser o melhor marketplace para animais do Brasil

Plataforma reúne diversos serviços e produtos para facilitar o dia a dia dos donos de pets e de profissionais logodo mercado.

São Paulo, abril de 2016 – A Holipet, marketplace para pets, inicia sua operação no país para trazer maior eficiência e se tornar referência no processo de contratação de serviços e no mercado de consumo de produtos para animais de estimação. A ideia é oferecer uma plataforma que possibilite aos prestadores de serviço e estabelecimentos pets ampliarem o seu negócio de maneira sustentável, facilitar a comunicação com os donos de pets que possuem necessidades semelhantes, mas muitas vezes específicas e apoiar causas de proteção animal.

De acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o setor faturou R$ 16 bilhões em 2014, colocando o Brasil na segunda posição no ranking mundial do mercado pet, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Em 2015, apresentou um crescimento de 7,4%, atingindo R$ 17,9 bilhões em faturamento.

O montante é justificado pelo amor que os brasileiros têm pelos pets. Um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS 2013), apontou que naquele ano havia no país 132,4 milhões de animais de estimação, entre cães, aves, gatos, peixes ornamentais e pequenos animais, como répteis e mamíferos. Outro dado interessante apontado na pesquisa é que nos lares brasileiros existem mais cachorros de estimação do que crianças: em quase 45% dos domicílios, o equivalente a 29 milhões de casas, há pelo menos um cão. dicas_para_comprar_ou_adotar_um_animal_de_estimao

No entanto, apesar das boas perspectivas para o mercado, até então, os custos e a complexidade para administrar um e-commerce eram os maiores impeditivos para empresas de pequeno porte oferecerem o serviço. O principal objetivo da Holipet é democratizar este serviço e ser um facilitador para que donos de bichos de estimação encontrem produtos e serviços a preços acessíveis, bem avaliados e agenda disponível.

A plataforma foi criada pelas empreendedoras Thais Amorim e Vanessa Louzada, donas da Augusta, uma cadela vira-lata adotada.  “A ideia de criar o Holipet surgiu quando decidimos fazer uma viagem e não tínhamos com quem deixar a Augusta. Os hotéis para pets eram muito caros e não tinham avaliação, então preferimos desistir da viagem”, conta Vanessa. “Esse problema é mais comum do que se imagina, além de existir outras inúmeras necessidades”, completa.

cachorro-em-mala-de-viagem-1420834703599_615x470

A Holipet reúne tudo o que os pets precisam, desde produtos a serviços como: veterinários, adestradores, dog walkers, petsitters, pet spas, banho e tosa, petbook e hotéis. Além disso, oferece uma lista completa de estabelecimentos petfriendly, eventos, cadastros de pets perdidos e ações solidárias em conjunto com ONGs.

“O usuário pode fazer buscas por vários tipos de serviços em um só lugar, com avaliações de quem já os usou. O prestador e estabelecimentos  terão um facilitador do seu negócio ao utilizar a plataforma. Queremos colaborar e disseminar o sentimento de pertencimento a comunidade pet”, destaca Thais. A Holipet também será responsável por realizar uma avaliação de cada serviço e estabelecimento, de acordo com critérios preestabelecidos. Esses estabelecimentos receberão um “selo” de qualidade Holipet, assinado por quem mais entende de bons serviços, a Augusta, que da inspiração virou a mascote do projeto.

Sobre a Holipet

Fundada em 2016, a Holipet é o melhor marketplace para pets do Brasil e surgiu com o objetivo de democratizar os serviços deste segmento, operando como um facilitador de interação entre prestadores de serviço e donos de pets. A plataforma reúne tudo o que os bichos de estimação precisam, desde produtos a serviços como veterinários, adestradores, dog walkers, petsitters, banho e tosa, hotéis, estabelecimentos petfriendly, todos com avaliações dos usuários, além de espaços especiais para eventos, animais perdidos e encontrados e ações solidárias em conjunto com ONGs.

RELACIONAMENTO COM A MÍDIA

Seven Public Relations

www.sevenpr.com.br

Marcelo Volpato (marcelo@sevenpr.com.br)

Patricia Hidaka (patricia@sevenpr.com.br)

Fernanda Bezerra (fernanda.bezerra@sevenpr.com.br)

Tel.: (11) 2344-9143

O governo da Holanda dá exemplo ao mundo ao se tornar o primeiro país sem cães abandonados nas ruas. E o principal: sem sacrificar quaisquer animais ou colocá-los em um canil em péssimas condições. DogsinCars3

A conquista aconteceu por conta de duas ações pontuais.O governo assumiu o custo de esterilização e organizou campanhas maciças para fazer com que os proprietários de cães de estimação pudessem esterilizá-los gratuitamente, caso quisessem.O país também tem leis que são muito duras com as pessoas que abandonam cães. Elas atingem a casa dos milhares de euros.

Antes
Embora houvesse campanhas de sensibilização para a causa e multas aplicáveis, as ruas da Holanda estavam cheias de cães. Isso se devia em grande parte ao fato de que as pessoas preferiam comprar cães de raça pura a adotarem um animal.Por isso, era necessário impedir que os cães que viviam nas ruas continuassem a se reproduzir.

5c5f69ed41428508f4b9bdd2b865418e

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/como-a-holanda-se-tornou-primeiro-pa%C3%ADs-do-mundo-120635246.html

A  Sociedade Humana Internacional de Washington conseguiu resgatar  mais de 100 cachorros que estavam mantidos em uma fazenda coreana e seriam usados como comida em restaurantes típicos nos Estados Unidos.

Foto: Kevin Lamarque/Reuters

Cerca de nove cachorros já foram adotados, os demais foram retirados da fazenda e levados para um abrigo que também fica no mesmo estado e na Califórnia. O grupo internacional estima que 2 milhões de animais são criados e mortos todos os anos na Coreia do Sul.

Via G1

Para saber mais detalhes sobre a matéria clique aqui